03/10/2017

Moraes cobra andamento do protocolo para concurso PM/BM

O andamento do protocolo 14.495.288-0, o qual autoriza a contratação de empresa para realização de concurso público para a contratação de policiais e bombeiros militares, tem sido tratado com prioridade pelo presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Moraes. O parlamentar defende a ampliação dos efetivos como política de combate ao crime.

“O governo do Estado precisa entender que, para combater a violência, precisa investir nas forças de segurança, com a ampliação dos efetivos e mecanismos de incentivos para que policiais permaneçam por mais tempo na ativa”, argumenta o deputado.

Recentemente, o Poder Executivo conseguiu da Assembleia Legislativa apoio para implantar a gratificação para jornada extra de PM/BM e também o aproveitamento de policiais e bombeiros que já estão na reserva. “São estratégias para não permitir a redução do efetivo. Entretanto, o Paraná tem enfrentando uma escalada preocupante da violência, o que justifica a inclusão de novos profissionais”, defende Moraes.

O protocolo está atualmente na SESP. Segundo o deputado, o governo precisa autorizar seu andamento imediato para que pelo menos o edital seja lançado ainda em 2017. “É preciso levar em consideração que um processo de seleção como o de Soldado leva tempo, assim como o período de formação”, ressalta.